Procurar
Close this search box.

A importância do Serviço Social na Saúde Mental e Psiquiátrica

O Serviço Social nas Irmãs Hospitaleiras de Braga, integra uma equipa técnica desde 1979, ocupando um papel tradicional e crucial de atuação na área de saúde mental e psiquiatria.

Atualmente é composto por três assistentes sociais com uma vasta experiência profissional e especializada, que se pautam por uma cultura humanista, atenção integral às pessoas assistidas e família.

Rege-se pelo estabelecimento do contacto o mais próximo possível, com esta população, famílias e as instituições/organizações, utilizando para o efeito, estratégias de intervenção que ajudem a minimizar as situações de exclusão e vulnerabilidade social, no sentido de proporcionar a integração das pessoas assistidas na sociedade enquanto cidadãos de direitos. Mantêm ao longo da intervenção, uma atitude critica e ativa, com respeito pelo código de ética, na defesa dos direitos humanos, marcando presença nos contextos de relações de poder e de forças sociais, com participação  em diversas fases de atenção na saúde mental, desde o planeamento e execução das ações de promoção e prevenção das situações de risco do surgimento da doença mental, nas atividades de acolhimento, diagnóstico das necessidades, reabilitação e tratamento terapêutico até à consolidação da reabilitação  social.

Têm ainda um papel preponderante na criação de melhores condições de vida das pessoas com experiencia em saúde mental, estimulam oportunidades para o desenvolvimento das suas competências sociais, ajudam no acesso aos direitos sociais, económicos e culturais, designadamente,  emprego, educação, formação, proteção social, promovem a integração social e a participação nos contextos sociais e contribuem sobremaneira para a mudança de atitudes na comunidade e a diminuição do estigma. Desta forma, o Serviço Social, contribui, indubitavelmente, para o desenvolvimento de processos de ajuda, capacitação, acompanhamento social e suporte psicossocial, responde às necessidades básicas das pessoas, com uma capacidade eximia de comunicar, diagnosticar, planear, executar e avaliar, no quadro de uma abordagem de base científica, multidisciplinar e interdisciplinar.

Os desafios do serviço social na saúde mental e psiquiatria são cada vez maiores, numa sociedade que se quer mais justa e inclusiva, não descurando a filosofia de atuação das Irmãs hospitaleiras, tendo sempre em consideração, a atenção pelos mais vulneráveis e excluídos.

SIGA-NOS

Marcações

Subscreva
a nossa newsletter

Pagina Consultas