Adoção à Distância

Este projeto tem por finalidade contribuir com apoio financeiro ou outro, para os processos pedagógico-reabilitadores das crianças atendidas no Centro de Reabilitação Psicossocial das Mahotas em Moçambique.

O PROJETO


O Centro de Reabilitação Psicossocial das Mahotas foi criado em 1997 com o objetivo de prestar cuidados especializados a pessoas adultas com problemas de saúde mental, funcionando em regime de dia, de segunda e sexta-feira.

Iniciou com a unidade de adultos e posteriormente abriu a Unidade Infantil S. Bento Menni, que recebe crianças até aos 12 anos, com deficiências várias: paralisia cerebral, epilepsia, síndrome de Down, sequelas de malária, deficiência intelectual, subnutrição, SIDA e outras.

Valências do projeto: consultas de pedopsiquiatria e de enfermagem; fisioterapia e reabilitação; acompanhamento psicológico; atividades educativas, didáticas e sociabilização.

CONTRIBUTO


O Centro acolhe cerca de 60 crianças.

O seu contributo económico vai proporcionar às crianças:

  • Cuidados básicos de saúde;
  • Suplementos alimentares para contrariar a desnutrição;
  • Tratamento oportuno às infeções e malária;
  • Medicação para controlar a epilepsia;
  • Atenção especializada à patologia da SIDA;
  • Desenvolvimento intelectual, sensorial e motor;
  • Instrumentos auxiliares de marcha;
  • E outros bens necessários para melhorar a sua qualidade de vida.
  •  

Entre nesta onda de solidariedade!
Qualquer pessoa pode apadrinhar uma criança, mas também pode apadrinhar o projeto.
Periodicamente são enviadas notícias sobre o desenvolvimento da missão no Centro.

Envie as suas duvidas para: adoção.distancia@irmashospitaleiras.pt

Existem muitas crianças à espera da nossa solidariedade.

COMO FUNCIONA


Participar nesta onda de solidariedade é muito fácil.

Basta preencher a ficha de inscrição em anexo.
Escolher se vai adotar/apadrinhar uma criança ou todas as crianças
Enviar cheque ou transferência bancária no montante que desejar para o
IBAN: PT50.0007.0000.1245980015723
E esperar por notícias do seu “afilhado/a”

Obrigada por participar