Uma pausa para a alma- espaços de reflexão.

Uma pausa para a alma- espaços de reflexão.
Deixa-te surpreender pelo Deus que te espera

Pausa para a alma- espaços de reflexão 30 Novembro 2020

 

Deixa-te surpreender pelo Deus que te espera Estamos a iniciar o Advento, um tempo especial para reconhecer a proximidade de Deus que vem, que está, que faz da sua proximidade uma presença... Reconhecer este Deus próximo que vem de novo, Vem quando menos se espera, vem na surpresa dos acontecimentos, dos encontros, das pessoas, dos sentidos. Jesus vem, quer vir, deseja vir, ao coração, a cada um de nós, Vem porque nunca deixa de nos amar, Vem porque confia, Vem porque a nossa vida é o seu projeto de amor e de salvação. É este Deus em quem acredito, que em Jesus se revela rosto e coração de misericórdia, que nos encanta e desafia a alma, abrindo-nos a dimensões maiores do ser e do sentir, do amar e do acreditar, do respeito pelo outro, pela Criação, pela vida; que vem, não como sempre, porque as suas vindas não se repetem, vem na novidade do encontro, do milagre, do amor… na entrega e no cuidado… vem, não deixa nunca de vir, porque é fiel ao amor.

Vem, Senhor Jesus!
despertai-nos do sono da mediocridade;
despertai-nos das trevas da indiferença.
Vinde, Senhor Jesus! Tornai vigilantes os nossos corações distraídos: fazei-nos sentir o desejo de rezar e a necessidade de amar. (Papa Francisco, 29Nov 2020)

 

Que esperas neste Advento? Quem esperas? Esperar, aprender a esperar, saber esperar, É ter a coragem de contra-corrente reencontrar-se, Já não no exterior dos afazeres, mas nesse mundo que nos habita e nos faz existir Nesse espaço interior onde simplesmente somos: o coração. Às vezes é necessário reaprender a esperar, a buscar, a rezar, a peregrinar dentro de nós e mantermo-nos vigilantes, porque Deus está próximo!

 

Ir. Idília Maria Carneiro, hsc

 

 

Terça, 27 de Outubro de 2020