Uma pausa para a alma.

Uma pausa para a alma.
o (re)começo de vida…

Pausa para a alma- espaços de reflexão 24 Dezembro 2020Em passagem de ano,

 

o (re)começo de vida…
Em espírito de Natal, celebramos o último dia do ano,
é tempo para agradecer, pedir perdão, refletir e avaliar a vida,
este ano em especial cheio de tantas surpresas e momentos cheios de tudo:
medo, inquietação, insegurança, dificuldades…
mas também onde se evidenciaram traços fortes de uma Hospitalidade genuinamente vivida
nos corações, traduzida em gestos de serviço, de cuidado, de atenção e proximidade…
No coração guardamos vidas, olhares, palavras, gestos, partilhas, sofrimentos… ,
mas também a gratidão de todos os que souberam viver este tempo com a ousadia da gratuidade, a delicadeza da presença, o silencio da confiança, a profundidade da fé,
a grandeza da Hospitalidade!
Esta história, que ainda não conseguimos decifrar nas suas várias dimensões,
não nos pertence, apenas a nós, frágeis e inseguros,
mas é história assumida e vivida também por Deus, este Menino frágil que celebramos,
este Deus que se faz pequeno, para nos dizer que Ele sempre está.
E, isso dá-nos outra dimensão de vida e de sentido, porque o nosso caminho é sempre o Seu!
Agora, a poucas horas de um novo ano,
desejamos a luz de um novo amanhecer, que nos projete para além dos medos e inquietações,
a esperança porque o novo é dom, mesmo com a fragilidade do ser.
E acreditamos que o Amor de Quem nos ama infinitamente
Nos protegerá em cada dia, cada instante…
Que o amanhecer do dia 1 de Janeiro de 2021 e nele o dom do novo ano de Hospitalidade tenha impresso no nosso coração uma bênção de Deus para ti:
«O Senhor te abençoe e te proteja.
O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e te seja favorável.
O Senhor dirija para ti o seu olhar e te conceda a paz» (Nm 6, 24-26).
Desejo-te um Feliz ano 2021 pleno das bênçãos de Deus.
Ir.

 

Ir. Idília Maria Carneiro, hsc

 

 

Terça, 27 de Outubro de 2020