Procurar
Close this search box.

Primeira semana do XXII Capítulo Geral

No dia 24 de abril iniciou-se o XXII Capítulo Geral, hoje contamos-vos tudo o que aconteceu nestes primeiros dias

 

No passado dia 24 de abril, a nossa congregação iniciou o seu XXII Capítulo Geral. Foi um dia de grande alegria e um dia de profunda reflexão e importância para as Irmãs Hospitaleiras. Antes da cerimónia de abertura, foi celebrada a Eucaristia, presidida pelo Irmão Jesús Etayo, Superior Geral da Ordem Hospitaleira de São João de Deus. A homilia completa pode ser lida neste artigo do website do XXII Capítulo Geral.

 

Neste ato de inauguração do Capítulo, a Superiora Geral da nossa congregação foi a responsável pelo discurso de abertura que pode ler aqui. Nas suas palavras, explicou que o objetivo do Capítulo é, numa descrição muito breve, recolher os elementos de bênção e de desafio que a congregação está a enfrentar.

 

Na sessão da tarde, procedeu-se a uma organização mais funcional da assembleia para este período de trabalho, tendo sido eleita como secretária capitular a Ir. Mª Carmen Martín.

 

Além disso, foram projectados os desejos que nos movem para este Capítulo Geral: uma escuta com coração, que nos conduza a uma visão partilhada do futuro, inspiradora e com um horizonte de sentido carismático.

 

Participantes da Província de Portugal no XXII Capítulo Geral
Participantes da Província de Portugal no XXII Capítulo Geral

 

25/4 Início da reflexão e do diálogo sobre o Diretório

 

Iniciou-se o trabalho de reflexão e diálogo sobre o Diretório como o nosso documento normativo que concretiza as Constituições de 2022, recentemente renovadas, actualizando a nossa legislação interna, a da própria Igreja e as necessidades de hoje, projectando-nos no futuro com esperança.

 

Este processo teve como facilitadora capitular a Irmã Pilar Benavente Serrano, das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de África, que também esteve presente em todo o processo pré-capitular.

 

Ao longo deste processo, está a ser utilizada uma metodologia participativa, que promove e facilita o discernimento, baseado na reflexão pessoal, de grupo e de assembleia. A oração, o diálogo e a escuta são dinâmicas vitais, a partir das quais se vai construindo a proposta de renovação e atualização do nosso regulamento interno, como fonte geradora da vida e da missão que ele quer ser.

 

Foi o que fomos fazendo no processo anterior, que nos conduziu, como uma linha contínua, a este ponto em que nos encontramos no Capítulo, fruto da participação das comunidades de irmãs inseridas nas diversas realidades geográficas e culturais da Congregação. O mesmo pulsar do coração nos une: A hospitalidade, seguindo os passos do Bom Samaritano.

 

 

26/4 Primeira parte do Diretório

 

Iniciou-se a reflexão e o diálogo da primeira parte do Diretório. A Ir. Mª Pilar Benavente Serrano, das Irmãs de Nossa Senhora de África, facilitou a metodologia e as dinâmicas de discernimento.

 

Além disso, foram lidas e agradecidas as mensagens de toda a Família Hospitaleira, que chegam tanto por correio eletrónico como através do sítio web.

 

Podem continuar a enviar as vossas mensagens para o Capítulo Geral aqui

SIGA-NOS

Marcações

Subscreva
a nossa newsletter

Pagina Consultas